Domingo, 18 de Dezembro de 2011

A puta

A puta

 

A puta caminhava rua abaixo sempre que aquele cliente a requizitava. Caminhava de cabeça erguida, como o cabelo bem penteado ao meio e de rabo de cavalo com um elástico cor de rosa e com uns ganhos prateados na cabeça. Aquele cabelo comprido e loiro que ela tanto gostava de cuidar.

Os seus olhos azuis olhavam para a rua movimentada.

Continuou a caminhar até chegar ao prédio, tocou à campainha. O gajo já estava à espera, estava sentado na sala a ouvir Assacinicos.

Ele estava vestido com umas calças de ganga azuis, as calças de ganga normais, uma tshirt do Kurt e umas sapatilhas pretas, o cabelo estava molhado porque tinha acabado de tomar banho, e cheirava bem, tinha posto desodorizante e perfume. Ela estava com um top provocante, com uma mini-saia curtinha. Ele abriu a porta do prédio, ela ia subindo até ao 2º andar e enquanto estava a subir vinha logo atrás um chavalo, que entrou logo a seguir a ela, o chavalo tem os seus 18 anos talvez, não sei precisar. A gaja apercebeu-se que ele vinha atrás dela, então começou a provocar o rapaz, a subir as escadas devagarinho, para que ele pudesse espreitar bem por baixo da mini-saia. Ela olhou umas duas ou três vezes para o rapaz e viu que estava todo corado, e que em baixo já se notava um alto, aliás um grande alto. Chegou ao 2º andar, mas perguntou onde é que o rapaz morava. - Oh. oh, oh minha senhora, moro no andar de cima. - Eu acompanho-te.

Lembrou-se que o cliente podia esperar mais uns cinco minutos, ou mais.

Ela aproxima-se do rapaz e sussurra-lhe ao ouvido enquanto lhe mete a mão por dentro da camisa e pergunta-lhe - Então miúdo tens alguma coisa para fazer agora? - Hã, hmm, pois, não sei. - Ah, ah ah, jovem, não estejas atrapalhado. - hmm pois.

Chegaram finalmente ao andar, e ele abriu a porta, e ficou sem saber o que dizer e o que fazer. Então rapaz? Entramos? Para te tratar desse alto. - Sim, sim, entra, entra, podemos ir para a sala que não está cá ninguém. Entraram para a sala, ela disse para ele se sentar. E perguntou. Tens camisa? Camisas??? O que é isso? Sim, puto, preservativos. Ah não. O que vale é que eu sou uma gaja muito prevenida. Sem perder tempo, baixou-lhe as calças de fato treino com os dentes, puxou-lhe a camisola para cima, e beijou aquela barriga lisa e aquele caparro, bem trabalho, e deu-lhe um pequeno linguado. Ele veio-se enquanto ela lhe estava a beijar e quando tinha acabado de tocar no Zé Caralho, limpou-lhe, levantou o Zé de novo com as mãos, enfiou-lhe a camisa com a boca, masturbou-lhe um pouco, e fez-lhe um grande broche, deu-lhe um grande linguado e sussurrou-lhe ao ouvido – hoje tiveste muita sorte, porque eu sou puta e as putas combram dinheiro por estas merdas, e ainda tiveste a sorte de eu te ter feito um belíssimo broche. Ele não teve reacção para falar, mas a cara dele estava radiante. A puta antes de sair da casa dele pisca-lhe o olho, dirigiu-se à porta de casa e saiu, desceu as escadas, tocou à campainha do respectivo cliente, entrou, recebeu a pasta, pediu desculpa. - Peço desculpa, mas o vizinho de cima pediu-me para falar com ele, e pronto estive a falar com ele. - Não tens que pedir desculpa de nada, mas estava ansioso e achei estranha a demora.. - Pronto, acabou-se esta de merda desta conversa fiada, e vamos ao que interessa que é pinar. E hoje será na cozinha. Tira os preservativos que tens no bolso de trás, que eu sei que já estás preparado. Mandou-o sentar em cima da mesa da cozinha, apalpou-lhe o caralho antes de lhe tirar as calças e até fazê-lo ficar teso, assim que o caralho estava duro, abre o botão das calças, abre o fecho, tira o bergamalho de dentro dos boxers, enfia o preservativo com a boca, faz-lhe um grande broche até ele gozar. Limpa-o, po-lo duro de novo, e salta-lhe para cima, cavalgando, de costas para ele até se vir de novo, lambeu-lhe o caralho de novo, e deu-lhe dois beijos na cara.

 

Texto escrito por: Pedro Marques Baresi88

publicado por provoca-me às 01:15
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Eva Plaisir com desejos

. Sexo oral só é pecado “ca...

. Ponto Quê? O Prazer no Fe...

. Eva Plaisir lê o texto Al...

. Orgias Homossexuais no Va...

. Mulher Abandonada

. Entrevista a Lilyanne Blo...

. Beijando

. Interview - Lilyanne Bloo...

. Vinho no corpo de uma mul...

.arquivos

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

páginas pessoais
blogs SAPO

.subscrever feeds