Quarta-feira, 30 de Novembro de 2011

Igreja Alemã vende editora porno

Igreja Católica alemã põe à venda a sua editora… pornográfica!

A editora é a Weltbild e é 100% propriedade da Igreja Católica alemã e a sua grande fonte de lucro são publicações “eróticas”… Depois de, no mês passado, a informação ter sido revelada, rebentou um enorme escândalo e, em consequência, a surgiu esta decisão de vender a galinha dos ovos porno, numa tentativa de estancar o escândalo e impedir que ele venha a atingir o ex-cardeal alemão  Ratzinger, o actual Papa.

German Catholic Church Pulls Out Of Porn Publishing

publicado por provoca-me às 15:12
link do post | comentar | favorito
|

Erika Lust 2004 - 2011

publicado por provoca-me às 12:42
link do post | comentar | favorito
|

O pequeno gesto de amor

O pequeno gesto de amor

 

O biquinho da mama a espreitar na procura de um toque, um doce toque, terno e carinhoso, apenas um gesto de pura sedução e sensualidade, na procura do prazer recíproco, a procura do amor, do belo momento em que duas pessoas se amam e tiram o maior partido que entre os dois podem ganhar, numa luta de dois corpos sedentos de gozo e satisfação, ansiosos por mais um toque, mais um gesto de carinho, um pequeno dedo a passar pelo corpo, a língua na sua malícia passando ao de leve, num corpo cheio de tesão e a pedir por mais, e mais, sempre desejoso e pedindo que o parceiro lhe faça passar ocasiões especiais de grande loucura, sempre no pensamento de dar o que a outra pessoa merece, ternura, afecto, amor, paixão. Até chegarem ao culminar de um tempo de magia, onde dois corpos se fundem, com o mesmo objectivo, dar um ao outro o que lhes pertence, de criarem uma longa sedução, momentos de enorme loucura, num amor ardente entre duas pessoas, dois corpos que se possuem, que procuram chegar ao êxtase, ao céu e ver estrelinhas numa sensação fantástica de prazer e excitação quando dois corpos estão unidos num só.

Entre joguinhos sensuais como a passagem de um cubo de gelo entre o peito, a barriga o pescoço, passar entre as coxas, descer nas pernas, voltar às coxas numa forma de provocar mais excitação, ou prender as mãos e os pés, estar sentado a ouvir uma música sedutora e o parceiro estar a fazer danças sensuais e a roçar-se, a passar com a língua no corpo num vai e vem, e sempre fugindo às partes mais intimas e susceptíveis de se atingir o orgasmo. Estes pequenos gestos de amor, estas pequenas delícias que tanto um casal, quer, deseja, procura, adora, são como um atingir um patamar acima, de ver estrelas, na sensação de termos alguém e lhe podermos fazer coisas mágicas com a nossa língua, os nossos dedos, lábios, é fazermo-nos únicos, ao darmos sensações fantásticas um ao outro, aproveitarmos as nossas energias para sermos carinhosos, doces ou fazermos de alguma forma sentirmo-nos mais felizes dando felicidade também a quem está connosco.

Gosto, amo-te, quero-te, desejo-te, sinto-te, é tão bom ouvir estas palavras, é tão bom sentirmos isto, mostrar a alguém o quanto gostamos de ouvir essas palavras, esses carinhos, o quanto desejamos. Poder rir, ouvir, falar, desabafar, dormir nos braços de quem gostamos, darmos um passeio na praia depois de um belo jantar à luz das velas, com um belo vinho e uma música calma, relaxante. Estes belos momentos da vida, que fazem os casais mais felizes, mais sorridentes, estarem de melhor com a vida, devem ser coisas que não se devem perder, que devemos preservar sempre. Termos que demonstrar o quanto gostamos do esforço do parceiro para nos satisfazer para nos agradar. Aquela lingerie muito bem escolhida para aquela noite especial, para aquela ocasião, com aquela roupa justinha a condizer com a lingerie provocante. São também coisas importantes e que devemos ligar para fortalecer o nosso amor. É um simples gesto, uma simples forma de mostrarmos o quanto gostamos do parceiro, é uma forma de mostrarmos o nosso pequeno gesto de amor…

publicado por provoca-me às 11:34
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 29 de Novembro de 2011

Orgasmo

publicado por provoca-me às 12:31
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 27 de Novembro de 2011

Maria Porto 2

Este é mais pequenino, mas a Andreia mostra de novo que dança bem, e que sabe bem mexer o seu corpo. Eu quero mais. Espero que vocês também.
publicado por provoca-me às 01:48
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Maria Porto

O vídeo não está no ponto, mas a Andreia está no ponto. Esperemos que faça mais.
publicado por provoca-me às 01:46
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 26 de Novembro de 2011

Vânia Beliz - Lubrificantes

Para aprenderem mais um bocadinho. Boa noite. Bom fim de semana, beijinhos e abraços.
publicado por provoca-me às 23:41
link do post | comentar | favorito
|

Delicadas

Delicadas

 

Gosto da forma como brincam com ele, como passam com as vossas mãos ou com as vossas bocas, e como percorre, aquele pedaço de carne com os vossos dedos, com toda a vossa delicadeza. Aprecio imenso a vossa maneira de tocarem no membro erecto e grosso, e cheio de tesão, e de lhe tocarem nas zonas mais sensíveis. Fico doido ao ver-vos tocar bem devagarinho, bem suavemente em toda envolvência do grande pénis que é vosso nesse instante. Como é prazeroso ver como masturbam o vosso caralho. Como lhe tocam, e como o acariciam.

Hmm como é bom assistir-vos.

Isso dêem-lhe, dêem-lhe, dêem-lhe suas malandras, suas safadas, masturbem-no bem e com jeitinho.

Isso filhas, continuem, acariciem-no bem. Chupem-no bem. Dêem-lhe. Ai, oh tão bom. Dêem-lhe tudo.

Admiro a vossa forma soberba e delicada como tratam os pénis bem rijos e grossos, até conseguirem levar ao seu momento grande, ao momento de grande explosão. 

Como me excita a vossa maestria na arte de chuparem e masturbarem o vosso parceiro. Incrível a forma como brincam, e como tocam no respectivo caralho com toda a elegância, e com todo o cuidado. O vaivém com os vossos dedos e com as vossas línguas transporta para quem está a ver uma enorme excitação e tesão.

Isso dêem-lhe, dêem-lhe, dêem-lhe suas malandras, suas safadas, masturbem-no bem e com jeitinho.

Isso filhas, continuem, acariciem-no bem. Chupem-no bem. Dêem-lhe. Ai, oh tão bom. Dêem-lhe tudo.

 

Dedicado a Klixen e Camille Crimson

 

Escrito por: Pedro Marques Baresi88

publicado por provoca-me às 22:04
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Novembro de 2011

Contra a Violência Doméstica

Vamos acabar com esta merda de uma vez por todas!
publicado por provoca-me às 18:55
link do post | comentar | favorito
|

Resposta a Ninfa Artémis

Resposta

 

Qual gato, qual caralho! Nem teu homem, quanto mais gato!

 Mas qual é a piada pá? Não tem piada nenhuma. Ai o caraças!

Como quero que seja o teu gato?! Ai a porra, mas eu não quero ser gato, e muito menos teu. Não tenho assim tão mau gosto.
Xiça, como é que eu ia desejar uma mulher como tu. Apre. Deves estar mesmo doida varrida. Beijos????? Estás pirada de todo, completamente avariada dessa moleirinha, estás mesmo completamente chanfrada de todo. Beijos? Achas que eu quero beijos teus? Prefiro morrer carente. Se nem beijos, quanto mais desejos, eu jamais vou desejar-te. Não tenho assim tão mau gosto.

Perdeste o juízo mesmo, achas que alguma vez vou dançar contigo?! Nem vale a pena usares o corpo sem descanso, que é realmente tempo perdido. E nem vale a pena vires com lingerie provocante que o gajo não levanta na mesma. Partes-me todo com a tua insistência, não te disse já que não te quero, nem com lingerie, nem sem lingerie, quanto mais devagar, ou mais depressa.

Ai o caralho, mais o gato, mais o caralho que te foda. Já te disse que não sou gato, muito menos teu! Foda-se que és mesmo insistente.

Pantera? Credo filha, nem loba, quanto mais pantera.

Ainda bem que não quero nada contigo, se aparecesses com unhas compridas partia-te essa merda. Foda-se que pirosa. Como podes ser tão pindérica?

Fera tu? Tu não tens nada de fera, és apenas uma tentativa de cantora, mas absolutamente bimba, e feres os ouvidos de quem te ouve. Mas que consegues provocar grandes gargalhadas, e isso é de louvar.

Não és fera, já te disse que não. Porra que para além de seres, pirosa, pindérica e bimba, és teimosa e burra.  

Pois agradeço essa gentileza, mas eu poupo-me de tamanho sacrifício ao ter que te tocar.

Está bem uma porra, que eu não te toco, nem que me pagassem filha. Xiça.

Abanas o traseiro? Agora é pior, mas para além de pantera queres ser uma cadela?! Não ofendas esses animais por favor.

Escusas de caminhar à minha frente, poupa-me de tal tormento.

E nem sequer vale a pena saltares para a cama, ou quer dizer tu podes saltar, e eu fugir pela porta para não te ver.

Não, eu não estalo os dedos, eu bato é as palmas e dou pulos de alegria assim que te vir a quilómetros de distância. Seria um grande alívio.

E voltámos ao mesmo foda-se, és mesmo chata e repetitiva.

Desculpa, mas não vais lá com palavrões, nem com linguagem cuidada, é simplesmente uma perda de tempo minha filha.

Ui, mas és alguma folha de papel de cavalinho para seres pintada? Para mim as mulheres não são nenhumas telas para pintar. Por isso vai-te pintar para o caralhinho que te foda. E então pintares a mata é mil vezes pior. Para mim só rapadas. Que horror que nojo, e então com essa merda pintada, nem com morangos lá ia. Apre.

Arre caralho, que insistência mulher, outra vez com a mesma merda. Pareces uma cassete riscada.

Aparência? Nem para ti, nem para mim, quanto mais para os outros! Uhh, credo.

Delicada com uma música de merda como esta?

Mas eu lá preciso dos teus mimos?! Estás doida.

Recatada? Até podias ser uma maluca na cama, que não valia a pena. Não fodia contigo de certeza.

Tenho algumas dúvidas que sejas inteligente, para escreveres uma bodega destas. Hmm, não me parece mesmo.

 

 

Culta, filha? Estás a delirar só pode.

Estou-me a foder que sejas eloquente. Estou-me a borrifar para isso.

Sim, um desejo, que te dês de frosques, e que não cantes mais. Era um enorme favor que fazias a mim e a toda a gente.

Oh pá, como é que é possível rires-te, eu é que tenho razões para me rir com a tua hilariante música.

E já te disse que não sou gato.

Não minha caralha, não consegues ser nada disso. Só podes ser mesmo lerda por pensares que consegues ser isso tudo.

Tu andas à procura de um leão, para tão pouco que és, não sei porque és tão exigente!

Pois é minha filha, por seres tão inteligente não percebes que não são os centímetros que contam para foder, o que interessa na cama é perceber o que o parceiro ou a parceira gosta. Toma e vai buscar!

 

Escrito por: Pedro Marques Baresi88

 

publicado por provoca-me às 15:27
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Eva Plaisir com desejos

. Sexo oral só é pecado “ca...

. Ponto Quê? O Prazer no Fe...

. Eva Plaisir lê o texto Al...

. Orgias Homossexuais no Va...

. Mulher Abandonada

. Entrevista a Lilyanne Blo...

. Beijando

. Interview - Lilyanne Bloo...

. Vinho no corpo de uma mul...

.arquivos

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

páginas pessoais
blogs SAPO

.subscrever feeds